sexta-feira, agosto 23, 2013

Dinamarquesa de Ferro


No dia 15 de julho de 2012, a maratonista Annette Fredskov deu início a uma jornada de em um ano correr 366 maratonas e no último dia 14, a corredora de 41 anos concluiu seu desafio, totalizando 15.400km percorridos. O feito colocou a atleta, que sofre de esclerose múltipla, no livro de recordes. A doença, aliás, serviu de incentivo, promovendo a luta contra o mal, que atinge sobretudo mulheres. Em seu site oficial, além de comemorar o feito, ela reforçou o que disse antes de iniciar a jornada: que nenhum diagnóstico de doença deve impedir alguém de viver a vida ao máximo.

Fonte: Revista O2, agosto/2013. 


Nenhum comentário: